quinta-feira, 16 de abril de 2009

Cristian - Carta Aberta ao Herói da Páscoa‏


Caro Cristian,

Quem te escreve daqui é um torcedor comum. Posso dizerque minha segunda-feira está iluminada, mesmo com as nuvens cinzentas que cobrem o nosso Tatuapé. E não sou o único a dizer. Esse sorriso que vi no espelho pela manhã vi também no carinha do posto de gasolina, no chapeiro da padaria, no dono da banca de jornal, no meu sobrinho doutor, no arquiteto famoso e no catador de papelão.

Eita, Cristian, não sabes o que tem de corinthiano nestemundão! E fizeste feliz a Páscoa de 25 milhões. Mandaste lá, no último minuto, um ovo-bala, veloz e implacável, contra ameta dos arrogantes, dos falsos bons moços. Se Páscoa é redenção, foi aquele, no derradeiro minuto, o símbolo de renascimento de uma Nação...

Havia tempos, não víamos Corinthians assim guerreiro, sadiamente maloqueiro, sofredor e vencedor.
Cristian, amigo, sabes que teu nome quer dizer "cristão"? Ora, e que nobre virtude é tua coragem. Coragem de Jorge, meu irmão, valentia dos que jamais baixam a cabeça diante dos poderosos, dos que defendem antes a causa do povo, dos que elevam armas em defesa da boa causa e da boa tradição. Teu chute, Cristian, foi lança guerreira e redentora de uma nação que nunca,jamais, perde a fé.

Os inimigos hipócritas falam lá do teu gesto, legítimo, e digo que foi resposta justa a todas as provocações e injúrias que sofremos do clube da elite quatrocentona e dos barões da mídia. Teu gesto é mais um escudo, fechado contra o peito, resistência do homem meio negro, meio branco, mestiço como o nosso próprio Corinthians.Teu gesto, Cristian, não tem a gravidade das entradas violentas em campo, nem a gravidade da compra de juízes, nem a gravidade do aluguel de jornalistas, nem a gravidadeda apropriação indébita do dinheiro público para seconstruir um estádio. Teu gesto sincero é nosso também e nos representaste com altivez e galhardia. E se algum cínico te interrogar, amigo, diga: "eram as orelhas do coelhinho da Páscoa".

Por Giulio Calábria
Data: 13/04/2009

Um comentário:

daniel disse...

"eram as orelhas do coelhinho da Páscoa".

sinceramente.. SEM PALAVRAS NAÇÃO!!