sexta-feira, 8 de maio de 2009

Carta: não à elitização da platéia corinthiana


***
Srs. Andrés Sanchez e Luís Paulo Rosenberg,

É com perplexidade que a Fiel recebe a notícia de que, mais uma vez, ocorreu abusiva majoração no preço dos ingressos para jogos do SCCP.

Em várias ocasiões, temos elogiado vossas iniciativas, mas agora cabe também a justa crítica.

Como os senhores bem sabem, tratamos do Corinthians, instituição
muito maior que qualquer organização com fins lucrativos.

Por isso, não se aplica aqui a tal lei da "oferta e da procura".

A regra que deveria imperar nesse caso seria aquela do respeito ao
corinthiano, seja ele do estrato A, B, C, D ou E.

O que se vê de vossa parte é uma radical política de elitização do
público do futebol.

Garantem-se alguns ingressos "baratos", parte deles para os
organizados, e afasta-se larga parcela da classe média, a que
normalmente ocupava as numeradas e o setor laranja.

Atentem: NADA neste país teve, neste ano, aumentos tão abusivos
quantos as entradas para os jogos do SCCP.

Em Novembro, o setor especial laranja, por exemplo, custava R$ 40.
Passou a R$ 70. Agora, chega a R$ 100.

Aumento de 150%. O que no Brasil teve esse acréscimo? Nada!

Sem contar que entre março de 2.008 e março deste ano, o
rendimento médio real da população (IBGE) não superou 5%.

Vossa atitude não deixa de ser uma rasteira também em quem aderiu
ao Fiel Torcedor, pois o "desconto" tem sido comido pelos aumentos
abusivos.

No setor laranja, por exemplo, para ver dois jogos por mês, um pai e dois filhos gastariam R$ 360, mais R$ 52,5 da parcela mensal da anuidade.

Total de R$ 412,50. Some-se a isso transporte, estacionamento e
alimentação e o valor ultrapassa R$ 500.

Os "negociantes" vão dizer que sempre haverá quem pague esses
valores. Pode ser verdade.

Mas será que vossa estratificação segregacionista manterá a
diversidade da Fiel no estádio?

Não!

Sim, fortaleçam nosso caixa. É preciso.

Mas tenham um pingo de consideração com a diversidade e o direito
sagrado do torcedor corinthiano.

11 comentários:

Eduardo disse...

um grande problema abordado por vc que parece nao imcomodar grande parte da torcida na comunidade oficial do corinthians!

um rapaz ao postar um topico abordando esse mesmo assunto foi criticado e até chamado de mão de vaca por não aceitar pagar esses preços abusivos!

NÃO a segregação!

René disse...

Uma pena que pouca gente tá entendendo o verdadeiro significado e as implicações mais contundentes desse processo de expansão do supercapitalismo no futebol.
Essa elitização do futebol, fundada na lei da oferta e da procura e na ânsia pelo lucro fácil a cada segundo, se não for controlada, vai desfigurar a identidade corinthiana e pode fazer de nós um arremedo de SPFC.

Guilherme disse...

Conheci esse blog a pouco e me identifiquei de cara com as suas colocações e idéias Corinthiana-Políticas-Ideológicas.

Vou ler e comentar sempre.


Sobre os ingressos o que vemos é a total exclusão do povo que literalmente "FEZ" esse clube ser o que é.
Para dar espaço aos simpatizantes endinheirados que com seu dinheiro podem tudo , só não conseguem comprar o estilo maloqueiro e fiel dessa massa.

Isso a longo prazo será amplamente prejudicial pra nós dentro de campo pois teremos um bloco de verdadeiros torcedores de arquibancada cada vez menos e isso implica em um apoio e uma pressão menos forte em partidas dentro de casa.

SCCP 1910 disse...

PUBLICADO NO BLOG DO CITADINI:

.......................................................

Preço salgado


De Jonathan Mendes.

Srs. Andrés Sanchez e Luís Paulo Rosenberg,


É com perplexidade que a Fiel recebe a notícia de que, mais uma vez,
ocorreu abusiva majoração no preço dos ingressos para jogos do
SCCP.

Em várias ocasiões, temos elogiado vossas iniciativas, mas agora cabe
também a justa crítica.

Como os senhores bem sabem, tratamos do Corinthians, instituição
muito maior que qualquer organização com fins lucrativos.

Por isso, não se aplica aqui a tal lei da "oferta e da procura".

A regra que deveria imperar nesse caso seria aquela do respeito ao
corinthiano, seja ele do estrato A, B, C, D ou E.

O que se vê de vossa parte é uma radical política de elitização do
público do futebol.

Garantem-se alguns ingressos "baratos", parte deles para os
organizados, e afasta-se larga parcela da classe média, a que
normalmente ocupava as numeradas e o setor laranja.

Atentem: NADA neste país teve, neste ano, aumentos tão abusivos
quantos as entradas para os jogos do SCCP.

Em Novembro, o setor especial laranja, por exemplo, custava R$ 40.
Passou a R$ 70. Agora, chega a R$ 100.

Aumento de 150%. O que no Brasil teve esse acréscimo? Nada!

Sem contar que entre março de 2.008 e março deste ano, o
rendimento médio real da população (IBGE) não superou 5%.

Vossa atitude não deixa de ser uma rasteira também em quem aderiu
ao Fiel Torcedor, pois o "desconto" tem sido comido pelos aumentos
abusivos.

No setor laranja, por exemplo, para ver dois jogos por mês, um pai e
dois filhos gastariam R$ 360, mais R$ 52,5 da parcela mensal da
anuidade.

Total de R$ 412,50. Some-se a isso transporte, estacionamento e
alimentação e o valor ultrapassa R$ 500.

Os "negociantes" vão dizer que sempre haverá quem pague esses
valores. Pode ser verdade.

Mas será que vossa estratificação segregacionista manterá a
diversidade da Fiel no estádio?

Não!

Sim, fortaleçam nosso caixa. É preciso.

Mas tenham um pingo de consideração com a diversidade e o direito
sagrado do torcedor corinthiano.

...............................................................

Resposta de Luis Paulo Rosemberg

Meu Caro:
Entendo seu ponto, mas ou cobramos o preço que equilibra oferta e procura ou teremos filas, cambistas e violência. O preço sobre não por ganância, mas para reequilibrar a nova situação trazida pelo sucesso do Ronaldo. Se, como decorrência, ocorrer uma maior rotatividade de torcedores, é desejável, afinal o Timão é de todos.
E uma boa receita ajuda a manter um time caro, que trás tantas alegrias não só aos 35 mil felizardos que assistem ao vivo como aos restantes 29 milhões 975 mil torcedores, ávidos por ganharmos uma Libertadores!
Fique conosco!
Um abraço
Luis Paulo

..................................................................

PORRA, A DIRETORIA ESTÁ PISANDO NA BOLA!!

O CORINTHIANS É O TIME DO POVO!!!

ESTÁ CERTO QUE O CORINTHIANS É MAIORIA EM TODAS AS CLASSE: NA A, NA B, NA C.......

MAS É NO POVÃO QUE ESTÁ A CARA DO CORINTHIANS!!

A NOSSA ORIGEM É POPULAR!!

SE O CORINTHIANS NÃO DER CONDIÇÃO DA MASSA IR NO ESTÁDIO, A GENTE VAI ACABAR VIRANDO UM TIME COMO OS OUTROS : TIME DE MODINHA, COM TORCEDOR CORNETEIRO E QUE SÓ VAI NO ESTÁDIO QUANDO O TIME ESTÁ BEM!!

A PEGADA DO TIMÃO É OUTRA!!!

O PACAEMBU TÁ PEQUENO??

ENTÃO DEMOROU PRA FAZER UM NOVO ESTÁDIO!!!!

AFINAL DE CONTAS, O ROSEMBERG E O ANDRES VÃO FICAR ASSISTINDO O LIXO DO MORUMBICHA SER ESCOLHIDO COMO ESTÁDIO DA COPA???

E VÃO CONTINUAR COBRANDO 100 CONTOS POR UMA ARQUIBANCADA CENTRAL????

CADÊ A CONSIDERAÇÃO COM A FIEL????

ISSO AQUI É CORINTHIANS PORRA!!!

DIRETORIA NENHUMA TEM O DIREITO DE DESRESPEITAR QUASE 100 ANOS DE HISTÓRIA!!!!

Daniel Damásio disse...

Olá pessoal, tô linkando no meu blog este manifesto na íntegra. Concordo em tudo que tá aí e acho o cúmulo do descalabro e do insulto que a diretoria faz com a Fiel Torcida e com as tradições e a história do Povo Corinthiano.
ACORDA CORINTHIANS!

Parabéns anárquicos pelo blog!

Felipe Carrilho disse...

Pessoal,

Parabéns pela iniciativa. No nosso blog, os últimos dois posts abordam o tema também. Dêem uma passadinha lá.

Abraço.

Hermes disse...

Lamentável a atitude da diretoris corinthiana!!!

Estão desrespeitando a história do Corinthians e o maior patrimônio do clube: a Fiel.

BANCADA PRA FIEL disse...

Cadeira laranja sempre foi arquibancada!

Se essa diretoria quer 20 mil numeradas, não pode ser no Pacaembu, que só tem 35 mil lugares!

Tomem vergonha na cara, deixem de ficar passivos diante do engodo que é a candidatura do Morumbicha para 2014, e tratem de fazer um estádio novo!

Anônimo disse...

Twitter para protestar contra usar o dinheiro publico no MORUMBI.

http://twitter.com/MorumbiNao

Anônimo disse...

ROSEMBERG VENDIDO! O TRAIDOR VAI PREJUDICAR O CORINTHIANS PARA SEMPRE E AJUDAR O MORUMBICHA VIRAR O ESTÁDIO DA COPA!

São Paulo
+ Futebol
Mais Clubes
Futebol
Brasileiro
Futebol Internacional
Libertadores
Seleção Brasileira
Copa do Mundo
Motor
Fórmula 1
Motocross
Mais Esportes
Tabelas
Blogs
TV L!
Radio L!
CORINTHIANSHome > Corinthians > Notícias


Publicada em 5/6/2009 às 10:03

Corinthians está 'desesperado' por Pacaembu
Diretor de marketing do alvinegro afirma que o clube tem muito interesse em arrendar o estádio


LANCEPRESS!

Diretor de marketing, Luís Paulo Rosenberg reforçou na última quinta-feira para vereadores que há interesse do Corinthians de arrendar o Pacaembu.

– Não podemos passar o centenário sem uma casa própria. Queremos desesperadamente o Pacaembu – enfatizou o dirigente, que apresentou o projeto de modernização do estádio, estimado em R$ 100 milhões, com conclusão prevista para 2011.

O projeto prevê a criação de restaurante, livraria, estacionamento subterrâneo e cobertura de parte da arquibancada. A ideia é ampliar o Pacaembu para 45 mil lugares.

– Queremos transformar o estádio em um marco histórico – disse ainda Rosenberg.

A comissão, presidida pelo vereador Dalton Silvano (PSDB), deve ouvir nas próximas semanas outros mandatários de clubes paulistas.

Se nenhum deles se opor, uma contrapartida aos cofres públicos será sugerida e o prefeito Gilberto Kassab definirá ou não pela concessão.

ROSEMBERG KUZÃO!

FORA DO TIMÃO!

Alemão disse...

Vocês não entenderam...
é tudo estratégia de marketing!

e eles não entenderam o que é Corinthians

ROSEMBERG maldito